quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

"Contos de Sempre"

Nas férias do Natal, pedi aos meus alunos do 5ªV que escolhessem um conto do livro "Contos de Sempre",que acompanha o manual. Depois de lerem o conto, teriam de fazer um reconto do que leram, uma pequena biografia sobre o autor e uma ilustração para o conto.

Poucos foram os que entregaram o trabalho feito...mas aqueles que o fizeram merecem vê-lo aqui, junto dos trabalhos dos outros colegas de turma.

Aqui vos deixo o reconto do conto "O Barba Azul".





Era uma vez um homem que tinha muitas casas na idade e no campo e todas elas muito bonitas. O homem com o seu aspecto horrendo assustava todas as pessoas e ninguém queria casar com ele e então pediu a mão de uma das filhas da vizinha. E deixou a vizinha escolher a que se casaria com ele mas elas as duas recusaram.
Após 8 dias com o Barba azul os amigos das filhas da vizinha acharam que o homem estava mais cavalheiro e a filha mais nova da vizinha decidiu casar com o Barba azul.
Ao fim de um mês de casamento o Barba azul fez uma viagem e entregou as chaves á sua amada e disse-lhe que podia entrar em os todos os sítios lá de casa menos no seu gabinete. Mas a mulher não se conteve entrou e viu os corpos das outras mulheres com que ele se tinha casado. A mulher em pânico deixou cair a chave no chão que se sujou de sangue. Ela limpou, limpou mas a chave era mágica e a mancha que ela limpava aparecia noutro lado. O homem regressou e pediu as chaves de volta e quando ela lhe entregou as chaves ele reparou que a chave do gabinete estava manchada de sangue e ele disse-lhe que ele ia ter uma sentença como as outras mulheres. Antes da sentença ela pediu um tempo e ele deu-lhe 15 minutos. Ela foi para o quarto e pediu à irmã para quando visse os seus irmãos pedisse-lhes para virem mais depressa para matarem o homem para que ela sobrevivesse e assim foi. Acabou o tempo da menina e quando o Barba azul ia a matar a rapariga os irmãos bateram à porta e ele foi abrir, viu quem era e começou a fugir mas os irmãos apanharam-no e mataram-no. Como ele não tinha descendentes a mulher ficou com a herança do homem e dividiu com irmãos e a irmã.





Escrito por Beatriz Couceironº2, 5ºV


desenho feito pela Beatriz couceiro para ilustrar o seu reconto:
Além do conto "Barba Azul", os alunos também escolheram o conto "A Lua".
Aqui ficam uns desenhos feitos a partir desse conto.

desenho feito por Sílvia Pereira,nº25, 5ºV

desenho feito por David Graça, nº26, 5ºV

4 comentários:

  1. estao todos maravilhosos ps eu quero e ouvir a historia do baba azul

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. uma graça o trabalho dessas crianças

    ResponderEliminar
  4. eu tambem estou a fazer um trabalho sobre o barba azul!

    ResponderEliminar